3 tendências para ERPs que podem transformar seu negócio em 2022

Conheça quais são as tendências para ERPs em 2022 e como essas ferramentas devem se apresentar em um mercado cada vez mais dominado pela tecnologia.
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Share on facebook
Share on pinterest
Startups Fever 2023

Não é novidade que, ao longo dos anos, o mundo dos negócios vem passando por profundas mudanças, principalmente, quando o assunto é transformação digital. Esse contexto, que diz respeito à digitalização dos processos nas empresas, intensificou-se ainda mais com a pandemia, fazendo com que as organizações busquem constantemente ferramentas e soluções eficazes para otimizar sua operação, como os ERPs, por exemplo. 

Neste artigo, vamos conhecer melhor as funcionalidades dos ERPs, compreendendo seus benefícios para os negócios e suas tendências para 2022. Se você é gestor de alguma empresa ou empreendedor digital e ainda tem pouco conhecimento sobre essa solução, chegou a hora de tirar todas as dúvidas e ficar por dentro de tudo o que você precisa para começar o ano com o pé direito. 

Ficou curioso? Acompanhe com a gente!

mulher trabalhando em meio a tendências para erps em 2022
Os ERPs são importantes aliados da gestão empresarial na otimização dos negócios

O que são os ERPs?

Os ERPs nada mais são do que soluções voltadas para o planejamento dos recursos das empresas, funcionando como sistemas de gestão integrados. O termo ERP vem do inglês Enterprise Resource Planning, que tem como objetivo auxiliar os negócios na gestão dos processos internos, integrando as operações de diversas áreas da empresa, desde o Comercial, até a Logística, por exemplo.

Isso acontece porque os ERPs centralizam as informações em uma única plataforma, tornando o compartilhamento e a gestão de dados corporativos mais fluido e dinâmico e evitando que as informações sejam armazenadas em duplicidade.

E você deve estar se perguntando: “mas qual impacto disso para o meu negócio?”

Muito simples: com essa solução, sua empresa passa a contar com uma base de dados única e íntegra, centralizando o fluxo de trabalho, melhorando a comunicação entre os setores e deixando todos na mesma página, o que traz insumos valiosos para a gestão e facilita tomadas de decisão assertivas.

Leia mais: ERPs: o que considerar na escolha de ferramentas para times financeiros

Com os ERPs, as áreas da empresa, que antes utilizavam softwares específicos e isolados para seu setor, passam a ter todas as informações armazenadas em um só lugar, possibilitando aos gestores e empreendedores uma visão ampla e inteligente do negócio, de forma rápida e prática.

Para facilitar o seu entendimento sobre o assunto, listamos abaixo processos gerenciais reais do dia a dia do mundo dos negócios, que se tornam muito mais simples com o auxílio dos ERPs. 

São eles:

  • controle de estoque;
  • emissão de notas fiscais;
  • gestão de pedidos;
  • controle da frota;
  • contas a pagar;
  • contas a receber;
  • compras;
  • vendas;
  • emissão de relatórios;
  • folha de pagamento dos funcionários.

Viu só como os essa solução pode organizar e impulsionar ainda mais a gestão dos processos na sua empresa? Pois, agora, vamos conhecer quais são as três principais tendências nesse universo de  ERPs para 2022.  

O que esperar para os ERPs em 2022?

Como já vimos, as empresas podem investir nos ERPs não apenas para fornecer à gestão e aos funcionários acesso a informações críticas que auxiliam a tomada de melhores decisões com mais rapidez, mas também, para cortar custos, eliminar processos redundantes e automatizar atividades rotineiras.

Uma vez que os ERPs têm ganhado cada vez mais relevância no âmbito corporativo, entender como esses sistemas continuam a evoluir para incorporar novas tecnologias e oferecer suporte às mais diversas áreas da empresa torna-se imprescindível. 

Nesse sentido, vamos conhecer três tendências para ERPs em 2022, que não podemos perder de vista.

  1. Inteligência artificial

Que a inteligência artificial (AI) está entre os assuntos mais comentados da atualidade, isso já ficou claro. E como acontece com outras tecnologias, os ERPs já podem se beneficiar dessa inovação para trazer ainda mais vantagens para as empresas. 

Quando incorporados aos ERPs, os recursos de AI e machine learning (ou aprendizado de máquina,) ajudam a tornar a solução de gestão mais intuitiva, possibilitando maior análise de dados e trazendo aprendizados importantes para a operação, a partir do comportamento dos usuários do sistema. Isso proporciona uma maior personalização do recurso e melhora os processos do negócio. Ou seja, com a integração da inteligência artificial aos ERPs, as informações da empresa se tornam ainda mais valiosas para a gestão.

Entre os benefícios que os recursos de AI podem oferecer para as empresas, podemos citar:

  • Mais insights e visões estratégicas. Como vimos, por meio do AI e do machine learning incorporados aos ERPs, a empresa consegue ter ainda mais insights importantes para o negócio, à medida que reúne mais dados da operação e dos clientes. Os recursos de AI analisam, então, uma ampla base de informações e dados não estruturados (vídeos, áudios, e-mails e documentos em geral), automatizando a identificação de padrões e tendências que não seriam facilmente detectáveis com uma análise manual e analógica dos números;
  • Aprimoramento de processos. As tecnologias de AI otimizam os processos da empresa por meio da automação, aumentando a produtividade e reduzindo custos;
  • Melhor experiência para o usuário. Por meio da interação presente nos recursos de AI, as informações humanas servem como base para tomada de decisões inteligentes, tornando um aplicativo mais rápido e útil para o usuário. Por exemplo, considerando uma pesquisa de informações contendo dados de clientes, os ERPs podem priorizar os resultados utilizando como referência o histórico de interação do usuário, personalizando sua experiência e facilitando a localização do dado. 
  1. Customização e personalização

No tópico anterior, já conseguimos ver como os ERPs integrados ao machine learning e à inteligência artificial conseguem auxiliar a personalização das operações das empresas, de acordo com os aprendizados adquiridos nos processos. Porém, nem sempre foi assim. Historicamente, os ERPs com linguagens de script complexas eram difíceis de customizar para as necessidades específicas de cada negócio. 

Atualmente, além de existirem vantagens de uma configuração mais fácil, que os analistas chamam de plataformas de “baixo código”, as organizações podem contar com uma gama crescente de ERPs adaptados às necessidades de setores específicos.

Então, se sua empresa se concentra em fornecer experiências mais personalizadas e relevantes aos clientes, você precisa urgentemente de ERPs que possam acomodar essas necessidades com recursos como dashboards (painéis,) altamente customizáveis. 

  1. Migração para a nuvem

Com o avanço dos recursos remotos, que possibilitam empresas e pessoas a fazerem a gestão dos seus negócios de forma on-line e de qualquer lugar, cada vez mais os gestores e empreendedores têm reconhecido que os softwares de planejamento dos recursos, os ERPs, quando migrados para a nuvem, podem trazer ainda mais benefícios aos negócios. 

Isso porque, dentre as muitas vantagens de ter os ERPs em nuvem, está o fato de que uma operação 100% on-line automaticamente elimina a necessidade de instalação de programas, custos com atualizações e manutenção. Além disso, esses sistemas em nuvem proporcionam novas funcionalidades, menos necessidade de recursos internos de TI e capacidade de adicionar usuários e funções para acomodar o crescimento dos negócios.

Com os ERPs em nuvem, os funcionários da empresa conseguem acessar os dados dos negócios de qualquer lugar, a qualquer hora, bastando apenas o acesso à internet. Ou seja, a equipe será beneficiada com maior flexibilidade e agilidade em todos os processos. 

Por último, mas não menos importante, outro fator muito importante buscado pelos usuários, na hora de fazer a migração dos ERPs para a nuvem, é a questão da segurança da informação. Os ERPs na nuvem possibilitam maior proteção aos dados dos usuários, já que o sistema é hospedado em plataformas com rígidos protocolos e padrões de segurança.

tendências para erps em 2022
Inteligência artificial, customização e personalização, e migração para a nuvem são tendências para os ERPs que sua empresa precisa conhecer em 2022

Agora que você conhece as principais tendências para os ERPs em 2022, o que falta para você começar a aplicá-las na sua empresa? 

A Conta Simples te ajuda a otimizar ainda mais o controle de gastos do seu negócio, com uma plataforma de gerenciamento de despesas integrada à conta corrente digital e a múltiplos cartões corporativos

Conta Simples
Conta Simples
A união entre conta PJ, cartão corporativo e software de gestão financeira em um só lugar. Conheça e abra sua conta gratuita!
Conta Simples
Conta Simples
A união entre conta PJ, cartão corporativo e software de gestão financeira em um só lugar. Conheça e abra sua conta gratuita!